Geriatra dá orientações de como idosos podem evitar fraturas e lesões no quadril

0
314

De acordo com estimativa da Fundação Internacional de Osteoporose, o número de fraturas e lesões no quadril provocadadas pela osteoporose deve aumentar 32% até o ano de 2050.

As complicações no quadril são muito mais frequentes em idosos, porque, com o avanço da idade, há uma perda da força muscular, o que compromete os mecanismos de equilíbrio e estabilidade.

Fraturas-Portal-Amigo-do-Idoso

Para evitar o problema, o geriatra Salo Buksman do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia, do Ministério da Saúde.

Apresenta as seguintes dicas:

— Verificar a ocorrência de osteoporose e tratá-la o mais precocemente possível
— Boa ingestão de cálcio
— Exposição solar, pelo menos, durante 15 minutos por dia
— Exercícios físicos moderados como corrida, caminhada ou um esporte leve, pelo menos 3 vezes por semana

Para aqueles que já têm problemas no quadril, ele recomenda:

— Dar início ao tratamento, evitando exercícios de alto impacto
— Sessões de fisioterapia
— Redução de peso para evitar a sobrecarga no quadril
— Uso eventual de analgésicos
— Quando a dor for muito intensa, a cirurgia pode ser cogitada

Segundo Salo Buksman, 30% dos idosos do mundo caem pelo menos uma vez ao ano, sendo que 5% destes acabam fraturando o quadril.

Por isso, é importante reforçar a segurança com pisos revestidos em borracha para evitar quedas.

Fonte: http://www.tribunadabahia.com.br/2012/11/05/geriatra-da-orientacoes-de-como-idosos-podem-evitar-fraturas-lesoes-no-quadril