Terceira Idade: abelhas podem mostrar como evitar o envelhecimento

0
619

abelhasO segredo para uma vida mais longa pode estar na maneira em que as abelhas pensam. As abelhas podem reverter o envelhecimento quando assumem responsabilidades normalmente desenvolvidas pelas mais novas, de acordo com estudo realizado por cientista da Arizona State University, nos Estados Unidos, e publicado pelo jornal Daily Mail.

Como esses animais possuem o mesmo tipo de células cerebrais que os seres humanos, os pesquisadores sugerem que as pessoas também podem adaptar seus hábitos sociais para fazer suas mentes permanecerem jovens mesmo quando o corpo começa a envelhecer. “Sabemos por meio de estudos anteriores que quando as abelhas permanecem no ninho tomando conta das larvas, elas continuam mais competentes mentalmente. No entanto quando deixam o trabalho de enfermagem para sair e coletar alimentos elas passam a envelhecer rapidamente”, contou Gro Amdam, chefe da pesquisa, à publicação Live Science.

Segundo os cientistas, o processo de envelhecimento das abelhas se assemelha ao dos humanos. “Depois de apenas duas semanas, as abelhas que saem para buscar alimentos têm alterações nas asas, pelos e corpo e apresentam redução de funções cerebrais, perdendo a capacidade de aprender coisas novas”, explica Gro. Porém, segundo ele, quando elas têm a oportunidade de cuidar das larvas novamente, as abelhas melhoram suas habilidades mentais.

abelhas_envelhecimento-619x336Ao comparar os cérebros das abelhas que melhoraram sua capacidade com as demais, os cientistas descobriram mudanças na proteína chamada Prx6, também encontrada nos humanos. Essa substancia já é conhecida por auxiliar no combate à demência, incluindo o mal de Alzheimer. “Talvez intervenções sociais, como mudanças em como você lida com os outros ao seu redor, seja algo que podemos fazer para ajudar o cérebro a permanecer jovem”, sugere Gro.

De acordo com o pesquisador, como a proteína estudada em pessoas é igual às que as que as abelhas possuem, elas podem ser uma resposta espontânea para essas experiências sociais específicas

Fonte: http://saude.terra.com.br/bem-estar

Se você achou essa informação importante, então por favor curte, compartilhe…ajude-nos a divulgar este projeto.