Cérebro adulto não tem problemas para aprender, aponta pesquisa

0
660

shutterstock_81345451_Menor1Um estudo da Medical College of Georgia, nos Estados Unidos, sugere que ao longo dos anos o cérebro perde a capacidade de filtrar as informações mais relevantes e eliminar o conteúdo mais velho e obsoleto. E, para a surpresa dos pesquisadores, as pessoas mais velhas não tem mais dificuldade em armazenar conteúdo novo.

 O neurocientista Joe Z. Tsien explica que este fenômeno está relacionado com a operação do receptor NMDA no hipocampo do cérebro, que se comporta como um comutador para a aprendizagem e a memória. Ele tem duas subunidades, NR2B, que se expressa nas crianças e permite que os neurônios se comuniquem por mais tempo e NR2A, essa começa a crescer após a puberdade e vai aumentar a sua capacidade ao longo dos anos.

desnvolvimento cognitivoSimulando as proporções típicas de camundongos adultos, ou seja, mais NR2A e menos NR2B, os cientistas descobriram que os animais não foram capazes de enfraquecer seletivamente certas conexões neurais existentes. No entanto, o cérebro mantém a capacidade intacta para estabelecer conexões neurais e formar memórias de curto prazo.

Para os pesquisadores esse fenômeno pode estar relacionado com a doença de Alzheimer e demência.

Fonte: Universia

Se você gostou dessa publicação então por favor curte, compartilhe…ajude-nos a divulgar este projeto