Cooperativa cuida da saúde de idosos e promove a inserção profissional

0
3333

A Cooperativa de Cuidadores de Idosos e Doentes Dependentes (Coopidade), fundada em 1997, foi idealizada com o objetivo de suprir uma carência dos cuidadores recém-formados sem visibilidade no mercado.

Presta serviços de cuidados diários com a saúde de adultos e idosos dependentes, em níveis hospitalar, domiciliar e em espaços de lazer e promove a difusão da doutrina cooperativista nas características do Ramo Saúde.

Oferece, em todo o estado do Rio de Janeiro, serviços de Cuidador de Idosos (profissional que ajuda o idoso nas atividades diárias, respeitando suas limitações), Cuidador Ocupacional (possui o curso de Formação para Cuidadores de Idosos e auxilia o paciente em suas necessidades) e Cuidador Técnico/Auxiliar de Enfermagem (profissional com formação técnica em Enfermagem qualificado para administrar medicamentos, manusear sondas, realizar curativos e verificar sinais vitais).

A cooperativa começou com pequenos trabalhos e, em 1999, já possuía 25 clientes. A demanda era crescente pois havia interesse da sociedade em contratar o trabalho de Cuidador de Idosos.

A Coopidade conta em sua gestão com consultorias externas e tem como foco capacitar os cooperados, investindo em treinamento e no desenvolvimento comportamental dos cooperados, melhorando o nível de qualidade dos serviços, com treinamentos gratuitos por meio de cursos, seminários e palestras.

Os serviços são supervisionados por uma equipe de coordenadores, com técnicos de enfermagem, auxiliares e enfermeiros de plantão.

Crescimento
A sede da Coopidade está localizada próximo à praça Saens Peña, na Tijuca, Rio de Janeiro. Em 1999, eram 50 associados e, hoje, são mais de 700 cooperados. Um conjunto de fatores contribuiu para alavancar a cooperativa nos últimos anos, como aumento do número de clientes e maior aproximação com a comunidade por meio de ações sociais e de divulgação.

A Coopidade já foi uma das cinco finalistas do prêmio Cooperativa do Ano, conferido pela Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB). Hoje, projeta-se para o futuro com a garantia de um trabalho com qualidade, dadas as suas referências no mercado.

Inserção profissional
Outro trabalho diário que está no foco das atenções da Coopidade é a capacitação profissional de trabalhadores que procuram a cooperativa para se inserirem no mercado e, muitas vezes, não possuem a formação básica concluída.

Por meio de cursos e treinamentos na própria cooperativa, estas pessoas ingressam no mercado imediatamente, com o suporte de coordenadores especializados. Por ano, mais de 200 pessoas são treinadas no centro de formação da cooperativa.

Ações sociais
A Coopidade participa de ações sociais ao longo de todo o ano. Um exemplo, foi no Dia Mundial da Doença de Alzheimer, encontro realizado em 21 de setembro pela Associação de Parentes e Amigos de Pessoas com Alzheimer (APAZ). Mais de 250 pessoas participaram gratuitamente de palestras sobre a patologia e de aferição de pressão arterial e glicose.

Durante o encontro, especialistas informaram que a cada sete segundos uma pessoa é diagnosticada no mundo com Alzheimer, doença cuja incidência em idosos com mais de 80 anos é de 50%. Estes números, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), afetam diretamente o Brasil, já que o Censo 2010 deverá registrar cerca de 2,6 milhões de pessoas com esta idade no país. Conhecedora dessas estatísticas e possuidora de experiência no trato da patologia, a Coopidade contribuiu com uma série de informativos e conhecimentos para os participantes.

De acordo com a presidente da Coopidade, Rosa Maria dos Santos, a participação no evento foi relevante, pois contribuiu diretamente para maior difusão de informações sobre a Doença de Alzheimer e o seu tratamento. “A Doença de Alzheimer está em evidência e atinge um número expressivo de idosos no Brasil e no mundo, por isso é importante divulgar informações sobre seu diagnóstico e tratamento. Só assim conseguiremos ter força para combater essa patologia tão aterradora”, explicou a dirigente.

Esta e outras ações realizadas em praças públicas e em comunidades carentes revelam o lado Cooperativista da direção, em prol do auxílio ao próximo e do desenvolvimento de artérias cooperativistas na população.

Mais informações: www.coopidade.com.br

veja tambem http: Alguns cuidadores de idosos também estão na 3ª idade

                               Cuidadores de idosos devem investir em curso de especialização

Se você gostou dessa publicação, por favor curte, compartilhe, divulgue…ajude-nos a construir este projeto.