Mulheres portuguesas preocupam-se cada vez mais com o envelhecimento, a saúde e o bem-estar

0
274

ÍndiceA preocupação com o corpo e o bem-estar não são características apenas das mulheres mais jovens. À medida que a idade avança, surge também uma maior consciência de que a saúde – a par com a necessidade crescente de cuidar de si – são mais-valias para uma vida mais saudável, activa e um bem-estar generalizado, seja aos quarenta, aos cinquenta ou aos sessenta.

Esta é uma das conclusões de um estudo realizado pela GfK para Lutsine, que revela que 96 por cento das mulheres portuguesas, com idades compreendidas entre os 45 e os 64 anos, se preocupam cada vez mais com a sua saúde e aspecto físico.

mulher_menopausa_feliz_ss_0O estudo mostrou que as portuguesas são consumidoras atentas, com preocupações estéticas e de saúde, procurando melhorar o seu aspecto físico, o seu bem-estar e que querem sentir-se bem na sua pele. Fazem exercício para se manterem activas e combater o sedentarismo, têm cuidados com o corpo e a alimentação, tratam de si e sentem-se bem com isso.

Das inquiridas, 79 por cento demonstram uma preocupação com o seu corpo, 44 por cento praticam exercício regularmente e 88 por cento têm cuidados com a alimentação, sendo que 27 por cento levam esta questão muito a sério por motivos de saúde. O tempo dedicado a si mesma também entra em linha de conta, já que 65 por cento das inquiridas sentem que possuem tempo suficiente para tratar de si e 20 por cento demonstram estar satisfeitas com o seu corpo, ao contrário de 12 por cento que gostariam de perder peso.

Fonte: Local.PT

Se você gostou dessa publicação, por favor curte, compartilhe, divulgue;ajude-nos a construir este projeto