Palestra gratuita em SP alerta sobre câncer de estômago, doença que é descoberta cedo em apenas 3 entre 10 casos

0
279

Com a proposta de trazer informações sobre como prevenir e fazer o diagnóstico precoce de câncer de estômago, o Hospital A.C.Camargo, referência mundial em ensino, pesquisa e tratamento de câncer, realiza nesta terça, 16, às 17h30, a edição de abril do Encontro com Especialistas. Com o tema Prevenção de Câncer de Estômago, a equipe do Núcleo de Cirurgia Abdominal vai interagir com a plateia com dicas de hábitos de vida saudável, principalmente os relacionados à alimentação como evitar o consumo em excesso de sal, gordura ou de alimentos com conservantes e defumados, adotando uma dieta rica em ingestão de verduras e frutas.

Durante o evento, será abordado o fato do câncer de estômago ser comumente diagnosticado em fases mais avançadas. Estudo inédito do Hospital A.C.Camargo, liderado pelo cirurgião oncologista e diretor deCirurgia Abdominal, Felipe José Fenández Coimbra, aponta que apenas 3 a cada 10 pacientes descobrem os tumores malignos de estômago e esôfago em fase inicial. Foram analisados os registros de 653 pacientes diagnosticados e tratados no A.C.Camargo a partir de 2000 e observou-se que apenas 26,7% dos casos foram descobertos nas fases 0 a 2 da doença. Os tumores são classificados por estadiamento de 0 a 4, sendo de 0 a 2 (tumores iniciais), 3 (tumor intermediário), 4 (quando se espalhou para outros órgãos, as chamadas metástases). Quando descobertos nas fases mais iniciais as chances de cura podem ultrapassar os 90%.

De acordo com Felipe Coimbra, o diagnóstico tardio de câncer de estômago é motivado por diferentes fatores, dentre eles a negligência dos sintomas, muitas vezes tratados com automedicação e também a não aderência aos exames de endoscopia digestiva. O especialista acrescenta que na maioria dos casos os pacientes demoram a procurar o médico. “E quando isso ocorre muitas vezes o médico generalista não solicita o exame correto e tampouco encaminha ao serviço de saúde especializado. Assim como ocorre para outros tumores, como mama e próstata, são necessárias campanhas de esclarecimento tanto da população quanto dos profissionais de saúde”, destaca Coimbra.

Dicas sobre prevenção e diagnóstico precoce – Os sintomas iniciais são bastante inespecíficos, podendo ser confundidos com outras doenças como gastrite. “Com isso, os pacientes precisam buscar logo um especialista e realizar o exame indicado pelo médico, comumente a endoscopia digestiva alta”, afirma Felipe Coimbra. Em alguns casos, segundo ele, os pacientes podem se queixar de dificuldade de deglutição (engolir) e refluxo ácido. Quando começa a ocorrer perda de peso importante, anemia, vômitos e aumento do volume do abdômen pela presença de líquido em seu interior (ascite) já pode ser sinal de doença avançada. O principal fator de risco para este câncer é a infecção pelo H. pylori, bactéria presente em água e alimentos contaminados e que acomete metade da população mundial e que em cerca de 5% dos casos leva a um processo inflamatório crônico do estômago que pode evoluir para a doença. O alto consumo de sal, de alimentos com conservantes e defumados e a pouca ingestão de frutas e verduras também são fatores de risco relacionados ao desenvolvimento do tumor de estômago. Outros fatores que podem ser destacados incluem o tabagismo, história familiar de câncer gástrico e cirurgia prévia por úlcera. Também pertence ao grupo de risco as famílias oriundas de países com alta incidência de câncer de estômago como Japão, China e Coreia do Sul.

Encontro com Especialistas – Criado em 2011, o programa Encontro com Especialistas já recebeu mais de duas mil pessoas, sendo opção de interação de pacientes, familiares, cuidadores e público em geral com suas dúvidas relacionadas a tipos de câncer de alta incidência na população brasileira como mama, próstata,pulmão, laringe, boca, colo do útero, garganta e intestino. Em cada edição as perguntas do público são respondidos ao vivo em auditório e via redes sociais por mastologistas, urologistas, psicólogos, psiquiatras, cirurgiões, pneumologistas, fonoaudiólogos, ginecologistas, endocrinologistas, dentre outros. O evento é aberto ao público e a participação para quem não consegue comparecer pode ocorrer com o envio de perguntas para qualquer um dos especialistas convidados pelos perfis oficiais no Facebook e Twitter.

SERVIÇO
Encontro com Especialistas do Hospital A.C.Camargo

Tema: Prevenção de Câncer de Estômago
Data: terça-feira, 16 de abril de 2013.
Local: Hospital A.C.Camargo: Auditório José Ermírio de Moraes.
Endereço: Rua Professor Antônio Prudente, 211, Liberdade, São Paulo
Horário: 17h30.
Inscrições gratuitas: encontro@accamargo.org.br 
Participação por mídias sociais: 
Facebook: http://www.facebook.com/HospitalACCamargo 
Twitter: http://www.twitter.com/haccamargo