Programa Viaja Mais Melhor Idade abre cadastramento para empresas prestadores de serviços turísticos

0
250

Prestadores de serviços turísticos que desejam participar do programa Viaja Mais Melhor Idade já podem inscrever suas ofertas

Começou nesta semana o cadastramento das ofertas dos prestadores de serviços turísticos que participarão do programa Viaja Mais Melhor Idade. Em sua segunda edição, o programa é uma iniciativa do Ministério do Turismo para incentivar as viagens desse público, estimado atualmente em mais de 20 milhões de pessoas. A ideia é oferecer condições diferenciadas de crédito a idosos, aposentados e pensionistas, principalmente nos períodos de baixa estação.

Para aderir, as empresas deverão constar do Cadastur (sistema de cadastro de prestadores de serviços turísticos do Ministério do Turismo); aceitar o termo de adesão ao programa, inclusive o índice de cumprimento, e se responsabilizar pela manutenção da oferta; cadastrar pelo menos uma oferta exclusiva direcionada ao público-alvo; informar periodicamente os resultados sobre suas vendas e exibir o logotipo do programa em todo material próprio que faça referência a ele, como website e materiais gráficos, segundo o manual de uso.

O cadastro é realizado por meio do site do projeto, sem prazo para terminar. O programa deverá ser lançado nas próximas semanas.

Os critérios para adesão ao Viaja Mais Melhor Idade foram apresentados às principais empresas e associações do trade turístico pelo MTur em reunião semana passada que contou com aproximadamente 20 participantes. Na ocasião, Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil firmaram compromisso de melhorar as condições de financiamento para os idosos. O diretor de Marketing da CVC, Fábio Godinho, também afirmou que a empresa pretende aderir ao programa com aproximadamente 30 ofertas de programas.

Coordenada pelo secretário Nacional de Políticas de Turismo, Vinícius Lummertz, a reunião também teve como objetivo sensibilizar as empresas para o programa. A retomada do Viaja Mais Melhor Idade trouxe empolgação aos representantes de associações de hotéis, resorts e cruzeiros marítimos presentes na reunião.

— Há um déficit na balança de pagamentos e nós somos parte da solução. Os bancos compreenderam isso — afirmou.

Fonte: Zero Hora

Se você gostou dessa publicação então por favor curte, compartilhe…ajude-nos a divulgar este projeto