Cuidando do Cuidador

0
291

Acabo de finalizar a leitura do livro “Sete histórias de Alzheimer” escrito por Marcio F. Borges, que através de casos reais, explica de forma agradável e direta a evolução, características e nuances importantes desta doença, buscando o bem estar do paciente e de todos envolvidos com ele.

Percebo a necessidade de mais uma vez utilizar esta coluna para falar com o cuidador, a pessoa fundamental no sucesso deste trabalho.

Atualmente estima-se que 36 milhões de idosos no mundo apresentam demências, sendo a de Alzheimer a mais freqüente. Com mais pessoas envelhecendo, a previsão é que este número cresça para 66 milhões daqui a 20 anos.

Diferentemente de outros países, no Brasil a maioria dos doentes vive com suas famílias. Assim, como costumamos dizer: no Alzheimer não é só o idoso que adoece, a família adoece junto. Em grande parte, isto ocorre devido à falta de conhecimento do percurso da doença. Para os profissionais envolvidos, cuidar do cuidador é o primeiro passo para que o tratamento seja eficiente.

Se você cuida de uma pessoa com Alzheimer ou outra demência, procure:

–  Manter uma rotina: além de o paciente ficar mais calmo, procure inserir atividades que façam você relaxar ou lhe causem prazer,

–  Ter senso de humor: não zombe do paciente, mas alegria e o riso minimizam o peso do cuidado e o tornam mais leve;

–  Pedir ajuda: aos profissionais e outros familiares. A tendência é que a falta de conhecimento afastem as pessoas da família;

–  Não se sentir culpado se estiver cansado e triste: é natural. Orgulhe-se deste trabalho.

–  Não perder sua individualidade: todos necessitam de um tempo só para si.

–  Procurar um grupo de apoio mais próximo a sua cidade: Ongs como a Abraz oferecem este aconselhamento que é de extrema valia para você e para o paciente;

– Não se esqueça: você merece afeição, consideração, perdão e aceitação de sua família e da comunidade.

 

Dra. Juliana Venites
Fonoaudióloga 
Especialista em Gerontologia pela UNIFESP e em Motricidade Orofacial pelo Conselho Federal de Fonoaudiologia
Mestre em Ciências pela UNIFESP-Escola Paulista de Medicina
Doutoranda em Distúrbios da Comunicação pela UNIFESP-Escola Paulista de Medicina
Gerontóloga pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia
Docente da Universidade Nove de Julho – UNINOVE
Contato:www.julianavenites.com.br

Dra. Juliana Venites é colaboradora do Portal Amigo do Idoso

Se você gostou dessa publicação então por favor curte, compartilhe…ajude-nos a divulgar este projeto