Não ter medo de envelhecer é um privilégio de poucos

0
1476

Envelhecer é um privilégio de poucos, você já pensou nisso? Nem todo mundo tem a oportunidade de chegar à terceira idade da vida. Não podemos saber quanto tempo temos, por isso, devemos tentar aproveitar cada momento que nos é concedido, colocando de lado as reclamações.

Há pessoas que se queixam porque estão ficando velhas ou porque têm medo de envelhecer. Na verdade, nem sempre é fácil envelhecer em uma sociedade que quer todo mundo sempre jovem, onde o cabelo branco e as rugas tornam-se defeitos que devem ser escondidos.

No entanto, envelhecer não significa apenas ganhar rugas e anos de idade, significa também ter mais sabedoria. A maturidade compensa as rugas!

Ainda jovens, as pessoas deveriam começar a ter uma visão positiva sobre a velhice. Se pudermos nos manter saudáveis, se nos cuidarmos, provavelmente teremos a oportunidade de passar a velhice com tranquilidade, pelo menos do ponto de vista da saúde.

Mas sabemos também que à medida que envelhecemos é normal que venham as doenças, e muita gente pensa que, como pelo sim pelo não, doenças virão, o melhor é aproveitar o presente e viver a vida no seu máximo esplendor – o que nem sempre significa viver conforme o manual das boas regras da saúde.

Estas pessoas não estão erradas até porque não existe certo ou errado, existe a consciência de cada um em fazer o que bem quiser, mas o importante é ter consciência e responsabilidade.

A idade vai chegando e começamos a fazer as contas. Não dá mais para ir à balada e acordar cedo no dia seguinte para ir ao trabalho. Nem dá para beber a mesma quantidade que bebíamos antes. O corpo acusa o que antes não percebia e escutar o que o corpo pede já é de bom tamanho para se cuidar, sem precisar seguir regras que não funcionam para todos.

A este ponto a única regra seria mesmo viver e ser feliz, circundar-se de amigos, aproveitar o que se tem e principalmente cuidar da saúde mental. Não adianta se privar das coisas boas da vida pensando no futuro, se ficar martelando o que deixou de fazer para o próprio bem. Da mesma forma não adianta viver uma vida de 20 quando se tem 50 e ficar reclamando do cansaço ou das dores.

Envelhecer é um privilégio sob vários pontos de vista: nos países mais pobres a expectativa de vida é baixa, nem todo mundo tem acesso à serviços de saúde e à qualidade de vida.

Envelhecer pode ser a oportunidade de se fazer o que realmente se gosta. Dado o tempo de vida passado, a maturidade pode nos guiar para o que realmente importa. As rugas contam histórias.

Viver se aprende vivendo, por isso não ter medo de envelhecer é privilégio de poucos, é privilégio daqueles que adquiriram tranquilidade suficiente para não ter vergonha ou receio de mostrarem a idade.

Fonte: Grennme

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here