Fonoaudiologia e Envelhecimento

0
529

Por Juliana Venites

A Fonoaudiologia é a ciência que estuda, avalia, trata e previne os distúrbios da comunicação humana, incluindo também os problemas de deglutição.

É muito claro à maioria da população que quando uma criança troca o som de uma letra por outra, seja na fala ou na escrita, ela tem um problema que deve ser tratado.

É bastante comum ainda que se uma criança nascer com uma deficiência auditiva ou um adulto ficar muito tempo sem voz, todos a sua volta saibam que é necessária uma avaliação com um profissional da área.

Entretanto, muitos idosos e até profissionais da saúde (médicos, enfermeiros, entre outros) por desconhecerem a atuação do fonoaudiólogo, julguem “normal” muitas queixas desta faixa etária. Julgar tudo “normal” significa colocar o idoso numa situação irreversível diante de um problema que poderia ser tratado.

Mas, quais são as principais queixas fonoaudiológica dos pacientes idosos?

1) Queixas de audição: deve ser investigada através de exames como a audiometria. Geralmente os planos de saúde e serviço público de saúde realizam estes exames facilmente. Deve ser prescrito por um médico. Após a realização do exame, o idoso deverá passar por uma testagem de aparelhos auditivos, os quais atualmente são muito eficientes;

2) Queixas de deglutição: envolvem problemas para deglutir os alimentos, como tosse, engasgos, dificuldades para mastigar, emagrecimento sem causa aparente e pneumonias frequentes. É uma queixa que não deve ser desconsiderada, pois o quanto antes o diagnóstico for feito, melhores serão as possibilidades de reabilitação do idoso;

3) Queixas de fala e voz: são as menos tratadas por serem as menos encaminhadas pelos outros profissionais, apesar da fala ser o meio de comunicação mais comum do ser humano com o mundo.

Se você ou alguém que você conheça apresente estas dificuldades, procure um fonoaudiólogo. Reabilitar a deglutição e a comunicação é mais do que melhorar uma dificuldade é reestabelecer a dignidade do idoso e melhorar sua integração com seus entes queridos e com o mundo.


Juliana Venites é Fonoaudióloga. Especialista em Gerontologia pela UNIFESP e em Motricidade Orofacial pelo Conselho Federal de Fonoaudiologia. Mestre em Ciências pela UNIFESP-Escola Paulista de Medicina. Doutoranda em Distúrbios da Comunicação pela UNIFESP-Escola Paulista de Medicina. Gerontóloga pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia. Docente da Universidade Nove de Julho – UNINOVE

www.julianavenites.com.br