Cirurgia plástica após os 50: Veja as mais procuradas

0
827

Cada vez mais pessoas da terceira idade estão vaidosas, o que motiva uma busca desse público por procedimentos estéticos com objetivo de rejuvenescimento e autoestima. A Dra. Luciana Pepino explica quais as cirurgias mais procuradas e cuidados especiais nessa faixa etária.

De acordo com uma pesquisa da Sociedade Americana de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS, em inglês) pessoas com mais de 65 anos representavam quase 10% dos procedimentos estéticos em 2013. Nos últimos anos, a procura tem aumentado.

Quais as cirurgias mais procuradas por pessoas da terceira idade?

De acordo com a Dra. Luciana Pepino os idosos estão interessados principalmente em procedimentos de rejuvenescimento facial como a blefaroplastia e o lifting facial, as técnicas mais procuradas no consultório dela.

Em seguida estão preocupações com o corpo, visando manter a forma e combater alguns sinais decorrentes da idade, como a flacidez, o que faz com que a mastopexia seja a terceira cirurgia plástica mais buscada seguida pela abdominoplastia. Conheça melhor essas técnicas a seguir!

  • Blefaroplastia

A principal indicação da blefaroplastia é justamente para pessoas com mais de 50 anos. Isso porque a técnica consiste em melhorar o aspecto das pálpebras superiores e inferiores, eliminando bolsas de gordura, rugas, flacidez e proporcionando rejuvenescimento na região dos olhos.

A cirurgia pode ser realizada conforme às necessidades do paciente, incluindo apenas as pálpebras superiores, apenas as inferiores, ou um procedimento conjunto.

  • Lifting facial

O envelhecimento da face está diretamente relacionado com a perda de gordura e flacidez dos tecidos. No lifting facial ou ritidoplastia, o objetivo é justamente eliminar as rugas, flacidez e o excesso de pele na face.

Dessa forma, a realização da técnica permite que o idoso tenha um levantamento do rosto, amenizando os vincos e desenhando os contornos faciais.

  • Mastopexia

Também atendendo uma demanda mais comum na terceira idade, a mastopexia visa reverter o caimento natural dos seios (ocorrência chamada de ptose mamária). Por meio da técnica é realizado o reposicionando a aréola e a retirada do excesso de pele, reposicionando a restante de forma que o desenho da mama fica elevado, devolvendo a posição original e mantendo a simetria.

Nesse procedimento, pode ser realizada conjuntamente a colocação de prótese de mama visando mais volume aos seios e mais satisfação da mulher com a técnica.

  • Abdominoplastia

A abdominoplastia visa retirar o excesso de pele, gordura localizada e recuperar a firmeza dos músculos na região abdominal. Por incluir a remoção da pele sobressalente, a técnica também permite remover estrias localizadas.

As cirurgias plásticas realizadas por pessoas com mais de 50 anos consistem em técnicas de rejuvenescimento, mas também procedimentos com objetivo de melhorar a estética corporal e aumentar a satisfação pessoal e autoestima do paciente.

Quais os riscos de efetuar os procedimentos após os 50 anos?

Segundo a Dra. Luciana Pepino não há impossibilidade de realizar cirurgias plásticas após os 50 anos, mas alguns cuidados extras devem ser tomados devido os pacientes dessa faixa etária, normalmente, já apresentarem algumas doenças prévias, como hipertensão, diabetes, hipotiroidismo ou outras doenças crônicas, que se descontroladas podem afetar no processo cicatricial ou gerar complicações pós-cirúrgicas.

Dessa forma, os procedimentos estéticos podem ser contraindicados em algumas situações específicas como doenças não controladas, uso de anticoagulantes, problemas cardíacos, mobilidade reduzida, entre outras. Destaca-se, entretanto, que essas mesmas condições inviabilizam a realização das técnicas em pessoas mais jovens.

Além disso, não é recomendado que o paciente idoso faça procedimentos associados, como uma blefaroplastia juntamente com uma mastopexia, recurso que seria viável no caso de um paciente mais jovem em bom estado de saúde. Nesses casos, deve-se aguardar a recuperação de uma cirurgia para ser submetido a outra.

Cuidados especiais relacionados ao paciente idoso

De acordo com a Dra. Luciana Pepino, os cuidados especiais referem-se à responsabilidade do médico quanto ao estado de saúde do paciente. Dessa forma, é indicado que antes de se submeter a uma cirurgia plástica haja a autorização do médico que acompanha o paciente e a realização de exames específicos a fim de evitar possíveis complicações.

Caso esses procedimentos demonstrem que o paciente não está com plena saúde ou o médico regular não libere, a cirurgia deve ser adiada até que o problema de saúde seja controlado.

Quais são as recomendações para quem deseja realizar um procedimento?

Para a Dra. Luciana Pepino o paciente da terceira idade deve ter cuidado ao procurar um profissional para realizar um procedimento estético. “É preciso procurar por um cirurgião plástico indicado por amigos ou parentes e que seja capacitado e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica”, explica ela.

Além disso, ela recomenda que haja a liberação do médico no caso de portadores de doenças crônicas, que o paciente faça uso regular e correto das medicações prescritas e esteja dentro do peso.

Manter hábitos saudáveis também é um indicador positivo, como alimentação balanceada, prática regular de atividades físicas e não beber ou fumar.

Destaca-se que os exames prévios são solicitados para pacientes de todas as idades, ganhando mais importância quando a cirurgia é de interesse de pessoas com mais de 50 anos. A diferença principal está em investigações específicas caso o paciente tenha algum problema de saúde já diagnosticado.

Para a especialista, ter mais de 50 anos não deve ser considerado um fator que inviabiliza a cirurgia plástica, mas o processo deve ser conduzido com atenção e responsabilidade pelo profissional escolhido. Dessa forma, desde procedimentos de rejuvenescimento como a blefaroplastia até técnicas focadas na autoestima, como a inserção de prótese de mama, podem ser realizados

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here