Alimentação equilibrada: os seus dentes agradecem

0
682

A alimentação é primordial para a saúde bucal, assim como para todo o organismo. Por esse motivo, é essencial ter uma alimentação equilibrada

Hoje sabemos que diversos fatores influenciam diretamente na saúde bucal, por exemplo pequenas manias como morder a tampa da caneta, hábitos não saudáveis como fumar cigarros e até mesmo a alimentação.

Por esse motivo, é importante que as visitas ao especialista da clínica dental sejam realizadas com constância, pois é através dos seus cuidados que você não apenas descobre esses fatos, mas também encontra maneiras de reverter os efeitos colaterais causados pelos danos.

A alimentação é, inclusive, primordial para a saúde bucal, assim como para todo o organismo. Através dela é possível prometer e cuidar dos seus dentes, mas também prejudicá-los.

Por esse motivo, é essencial ter uma alimentação equilibrada. Confira a seguir a melhor maneira de fazer isso.

Influência da alimentação na saúde bucal

Tudo o que você ingere sofre um processo dentro de sua boca. Desde a mastigação até o momento de engolir a boca realiza essas etapas sem distinções dos alimentos, sendo todos feitos da mesma maneira.

Entretanto, alguns acabam influenciando negativamente, principalmente aqueles que são mais difíceis de ser retirado dos dentes, mesmo no momento da escovação. Através do marketing na odontologia é possível encontrar o melhor local para realizar suas consultas, garantindo um bom atendimento.

Além disso, todo o nosso organismo precisa de nutrientes para o bom funcionamento. Ao realizar refeições apenas com alimentos industrializados ou congelados, muitos desses nutrientes são perdidos, pela maneira que é feita a sua composição.

Dessa forma, apesar do organismo estar bem alimentado, muitas vezes a comida não se encaixa nas principais funções que os alimentos fazem parte.

Normalmente, eles são divididos entre os energéticos, os construtores e os reguladores. Todos eles desenvolvem um papel fundamental em nosso organismo.

Para garantir que sua boca seja saudável, ou seja, livre de dores, de incômodos e de doenças, os principais grupos são os construtores e os reguladores.

O primeiro é responsável pela construção de novos tecidos, sendo essencial principalmente para crianças e adolescentes. Já o segundo atua na proteção do nosso corpo contra doenças e infecções, garantindo também um bom funcionamento.

Como ter uma alimentação equilibrada

Em momento nenhum o profissional da clínica de ortodontia vai orientar que você exclua totalmente algum alimento da sua vida.

O importante é não cometer alguns excessos. A verdade é que o segredo é ter equilíbrio, assim como com tudo na vida.

Uma alimentação equilibrada envolve se alimentar de todos os tipos de alimentos, uma vez que cada grupo oferece nutrientes diferentes para o organismo.

Dessa forma, é possível se beneficiar da energia proveniente dos carboidratos, assim como da proteção contra infecções das frutas e legumes.

O importante é, após toda refeição principal, realizar a escovação dos dentes. Não é apenas através da alimentação equilibrada que você conseguirá ter a sua saúde bucal em dia, mas também com os cuidados de higiene que todo dentista recomenda.

Além disso, é fundamental que as consultas periódicas sejam realizadas, pois é a maneira que o profissional tem de realizar as prevenções necessárias, dificultando o trabalho das bactérias. É bom pensar se vale a pena ter um plano dental preço acessível para você e sua família.

Para as alimentações que ocorrem entre as refeições principais, é essencial que elas sejam livres de açúcar e carboidratos.

Os alimentos que possuem maior valor nutritivo, garantindo uma melhor saúde bucal são:

  • Fibrosos: uma vez que os alimentos estão na boca, a mastigação é demorada por conta das fibras, fazendo com que o atrito do alimento no dente proporcione maior limpeza. Os principais alimentos que fazem parte dessa categoria são as frutas, como maçã e pera, verduras e legumes crus, como a cenoura;
  • Ricos em cálcio: são essenciais para a manutenção e a construção dos dentes e ossos. Além disso, o cálcio eleva o pH da boca, causando menor influência dos ácidos que provocam a deterioração dos dentes. Pode ser encontrado nos derivados de leite e também em verduras como brócolis;
  • Ricos em vitamina C: protegem a gengiva contra as lesões, sendo importante para o seu bom funcionamento, além de também auxiliar em sua cicatrização. Esses nutrientes são facilmente encontrados em frutas como kiwi, caju e goiaba.

Vilões da saúde bucal

Os principais alimentos que fazem mal a saúde bucal são os açúcares e carboidratos. Isso porque uma vez que esses elementos entram em contato com as bactérias existentes na boca, uma substância ácida é liberada, causando a desmineralização dentária e, consequentemente, a cárie.

Além disso, o excesso de alguns alimentos e bebidas de forte pigmentação, como café, vinho tinto e açaí podem causar manchas no dente, muitas vezes sendo necessário um clareamento dental preço acessível para que esse problema seja esteticamente resolvido.

A bebida alcoólica apresenta-se como um grande vilão da saúde bucal, principalmente porque faz com que o indivíduo fique com a boca seca. A saliva é muito importante em seu papel, pois oferece maior proteção aos dentes, assim como auxilia no processo de remineralização dentária.

O importante é associar as visitas ao profissional da clínica dental também a um nutricionista, para que juntos seja possível observar quais são os alimentos indicados para você, evitando uma deficiência nutritiva, assim como diminuir as chances de danificar os dentes.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here